Dias difíceis…

Esses últimos dias tem sido difíceis. Nada do que planejei saiu conforme, pessoas que pensei que poderia contar, me fez papel de trouxa e pessoas sendo manipuladas por quem tem melhor papo, e claro que tinham que ser contra mim.
Isso aconteceu na faculdade, hoje estou mais focada, entendi o significado de quando minha tia disse pra esperamos ficar mais velhos pra fazer faculdade. Mais o grande problema é que sou tímida. O mundo não foi feito para os tímidos. Pessoas se aproveitam do que sou, e que não tenho coragem de fazer alguma coisa má contra elas, tiram proveito, e minha dupla aproveitou disso.
Fico mais triste porque a professora falou pra mim depois que expliquei pra ela que não levo jeito para falar em público ou até mesmo com ela: “você precisa gritar”, e respondi: “se eu gritar vou ofender muita gente, e isso não é jeito de viver, não da pra conviver assim”. Gente tímida não quer gritar, você só precisa prestar atenção neles.
Aqui no Brasil as pessoas são levadas na labía, quem é bom de papo, não prestam atenção naqueles que estão quietos, mais são muito melhores do que aqueles que gritam. Digo isso porque antes de ser alfabetizada em português, aprendi a ler e escrever no japão. Educação lá é fora do sério, contrataram uma professora particular pra mim porque estava confundindo o português com o japonês, eu estudava em escola pública! Ou seja, eles prestavam atenção em mim.
O foco aqui não é só eu, mas tenho certeza que muita gente sofre a mesma coisa, porque o nosso Brasil não está bem das pernas na educação, e não é só na quantidade, mais muito mais na qualidade. Não me levem a mal, pra mim professor tinha que ganhar mais que jogador de futebol, em vez de ficar com a família ou fazer qualquer outra coisa, preferem ensinar, isso é maravilhoso.
Pra minha dupla que me fudeu, espero que não ache outra pra fazer de trouxa. Pra minha professora que falou que não estava sendo justa comigo, você.não estava, sei o que estou fazendo. E pra coordenadora que vou conversar amanhã, do fundo do coração, espero que me escute, me etenda e nem ajude.
Fica difícil viver onde todo mundo só grita! Prestam atenção nos silencio, pode te surpreender.

— Há 2 semanas

"Gosto de adiar o prazer, tento manter a relação casual o máximo possível. E uma noite , tarde ou manhã, messes depois talvez, você sabe …" 

Vanilla Sky

— Há 1 ano

Tenho vontade de chorar toda vez que escuto essa menina cantar. 

beyondthem:

Carly Rose Sonenclar | “Brokenhearted”

JUST amazing.

(via niffinegger)

— há Há 1 ano com 21602 notas

"Desisti. E isso é a coisa mais triste que tenho a dizer. A coisa mais triste que já me aconteceu. Eu simplesmente desisti. Não brigo mais com a vida, não quero entender nada. Vou nos lugares, vejo a opinião de todo mundo, coisas que acho deprê, outras que quero somar, mas as deixo lá. Deixo tudo lá. Não mexo em nada. Não quero. Me nego a brigar. Pra quê? Passei uma vida sendo a irritadinha, a que queria tudo do seu jeito. E eu seguia brigando. Querendo o mundo do meu jeito. Na minha hora. Querendo consertar a fome do mundo e o restaurante brega. Agora, não quero mais nada. De verdade. Não vejo o que é feio e o que é bonito. Não ligo pra dor. Pro sangue. Pro desfecho da novela. Se o brinco foi pelo ralo, foda-se. Deixa assim. A vida é assim. Não brigo mais. Não quero arrumar, tentar, me vingar, não quero segunda chance, não quero ganhar, não quero vencer, não quero a última palavra, a explicação, a mudança, a luta, o jeito. Ninguém dá conta do saco sem fundo de quem devora o mundo e ainda assim não basta. Ninguém dá conta e quer saber? Nem eu. Chega. Eu simplesmente me recuso a repassar a história, seja ela qual for, pela milésima vez. Deixa a vida ser como é."

Tati Bernardi

— Há 1 ano
"Dou colo para quem precisa, dou a mão para os amigos, seguro a onda de quem eu amo. E quem segura a minha? Olho para os lados, para baixo, para o alto (talvez procurando um sinal) e encontro o quê? Nada. Ninguém, a não ser aquele desconforto de saber que no final das contas nós temos somente nós mesmos."
Clarissa Corrêa (via romantizei)

(via romantizei)

— há Há 1 ano com 17882 notas

beyondthem:

A seal helping a helpless turtle get back into the water

Perfect nature, perfect creatures

(Fonte: watersport5, via niffinegger)

— há Há 1 ano com 899105 notas